Como funciona uma gestão ambiental

Há pouco tempo atrás, as empresas costumavam adotar como diferencial somente a sua qualidade, a fim de conquistar um espaço no mercado, e em consequência começaram a pesquisar sobre como funciona uma gestão ambiental.

No entanto, hoje em dia, a qualidade do serviço não é um diferencial, sendo, na verdade, um requisito primordial. 

Essa mudança é muito positiva, visto que as empresas se veem obrigadas a procurar por novas maneiras de se destacar. 

E o consumidor é quem mais ganha com isso. Até porque, a tendência é que os produtos ou serviços ganhem, cada vez mais, uma relação melhor de custo-benefício. 

Inclusive, a necessidade que as empresas têm de se destacar hoje está relacionada ao controle do impacto ambiental. 

Diversas organizações intensificam a cobrança de que as empresas precisam controlar o seu impacto ambiental, o que cresce o movimento. 

Sendo assim, essas companhias precisam demonstrar aos consumidores que estão, ao menos, tentando diminuir o impacto ambiental negativo. 

Caso contrário, os clientes não se interessam em adquirir nenhum produto ou contratar serviços da empresa. 

O que antes era apenas uma preocupação, hoje vemos como exigência, não somente competitiva, mas legislativa. 

Se você tem uma empresa, é necessário entender a importância de uma gestão ambiental para acompanhar as suas atividades. 

Como funciona uma gestão ambiental

Como foi dito anteriormente, a preocupação ambiental se tornou o grande diferencial das empresas, que precisam a cada dia entender como funciona uma gestão ambiental.

Isso porque, atualmente, as questões que envolvem o meio ambiente são tratadas com maior amplitude. 

Ou seja, os consumidores gostam de adquirir produtos ou serviços de companhias que prezam pelo meio ambiente. 

Dessa forma, caso você tenha uma empresa, é importante ter um assessor ambiental. 

Até porque, a ideologia de sustentabilidade e de preservação se tornou um estilo de vida, e não mais uma questão pontual. 

Logo, as empresas precisam buscar formas de manter a sua produção sem que cause qualquer tipo de impacto negativo à natureza. 

Diversos empreendimentos já provaram que é sim possível obter os seus lucros, bem como crescer no mercado, priorizando a sustentabilidade. 

E é justamente nesse ponto que a gestão ambiental consegue ser essencial para o seu negócio. 

Ter um negócio sustentável com certeza lhe trará muitos benefícios. 

No entanto, para usufruir dessas vantagens, a sua empresa deve seguir os regulamentos ambientais. 

Esses regulamentos são determinados por órgãos competentes e implica no que diz respeito a como funciona uma gestão ambiental.

E, para isso, você precisa unir o cumprimento das leis com a implementação das ações que gerenciam os riscos ambientais. 

O assessor ambiental se torna uma peça fundamental pois ele fará o planejamento estratégico, utilizando os recursos de maneira consciente. 

Qual o objetivo da gestão ambiental? 

A gestão ambiental pode ser definida como um processo em que uma empresa terceiriza práticas de controle ambiental dentro da empresa. 

Dessa forma, a principal atribuição da gestão ambiental é identificar as atividades da empresa e entender os seus processos. 

A partir disso, a gestão poderá indicar os pontos que a política de controle ambiental deve ser aplicada. 

Claro que essa aplicação leva em consideração a realidade enfrentada pela empresa. 

Sendo assim, a gestão pretende melhorar a rotina da empresa. 

Com o tempo, também será feito o gerenciamento e a execução de determinadas tarefas. 

Dentre os benefícios que a empresa pode usufruir podemos citar uma melhor imagem do negócio e a redução de custos. 

Além disso, um dos maiores benefícios com certeza é a conscientização dos colaboradores, o que gera vantagens à sociedade. 

Com isso, as gestões ambientais são de extrema importância para a disseminação de políticas ambientais, tanto em micro como em pequenas empresas. 

A gestão se torna, então, uma maneira de customizar os seus serviços a um custo menor. 

Permitindo que o profissional utilize o seu tempo para outras tarefas. 

Diferenças entre gestão e consultoria ambiental 

Ao falar sobre gestão ambiental, é muito comum ver que as pessoas confundem com a consultoria. 

No entanto, a gestão e a consultoria apresentam distinções entre si, então, é interessante diferenciar esses dois tipos de serviço. 

A consultoria se trata de um serviço cuja prestação é feita, de forma preferencial, para grandes e médias empresas. 

Dessa forma, a consultoria vai analisar situações que contenham mais complexidade no caso. 

Com isso, o consultor ambiental tem como atribuição fazer o estudo de impacto ambiental. 

Além, claro, de auxiliar a empresa a estruturar esse plano de controle ambiental. 

No entanto, o estudo de impacto também pode ser feito pela gestão, porém com outro objetivo. 

A finalidade da gestão é realizar o estudo e identificar quais são os pontos críticos que podem causar qualquer tipo de impacto ambiental. 

Esse impacto, inclusive, pode ser positivo ou negativo, pois deve estar no estudo. 

Dessa maneira, surge o plano de controle ambiental. 

Que, por sua vez, é um documento que possui o registro dos controles criados, e aplicados, pela empresa. 

Conclui-se que a consultoria indica os caminhos que a empresa deve seguir. 

Enquanto a gestão se envolve na rotina da empresa, de maneira atuante. 

O que é a consultoria ambiental? 

Por fim, cumpre ressaltar o que é a consultoria ambiental e qual a sua importância. 

A principal atribuição da consultoria ambiental é analisar quais os possíveis danos ambientais de uma empresa ou projeto. 

Sendo assim, os impactos podem ser originários do descarte de resíduos ou de instalações sem planejamento. 

Com isso, ao contratar a consultoria ambiental, o esperado é que a sua empresa siga as políticas ambientais. 

Logo, o seu negócio pode evitar quaisquer tipos de sanções ou multas.

Além de tornar a sua companhia benéfica perante a sociedade, pois não está causando prejuízo ao meio ambiente. 

Dentre as ações feitas por um consultor ambiental, podemos citar: 

  • Ação de reflorestamento 
  • Restauração de mananciais ou rios 
  • Elaborar estudos ambientais do meio antrópico, abiótico e biótico. 

Essas ações são primordiais para a preservação ambiental, especialmente para evitar incidentes ou acidentes ecológicos. 

Portanto, uma consultoria ambiental tem capacidade de atuar em muitos projetos, a exemplo da compra de um terreno. 

E, com isso, o profissional responsável fará um estudo de viabilidade ambiental. 

Nesse estudo, será possível conferir quais os níveis de contaminação, ou até mesmo a poluição local, avaliando a área útil do terreno.

Reply

1 × 3 =